Arquivos para o mês de: julho, 2012

Novidade no blog – os clássicos. Sim, mas quais clássicos são esses? Os móveis criados por designers que marcaram época e se consagraram por algum motivo. Peças de mobiliário que normalmente vocês vêem por aí e não sabem que importância tem, agora ilustradas no Dicasamais com legendas!

 

Pra começar, The Panton Chair, de Verner Panton. Considerada a mais famosa e bem desenhada cadeira do século XX, foi criada em molde único em 1967. Seu design continua atemporal e os ambientes decorados com ela sempre ganham um charme a mais e muita personalidade!

Espia só, ela na versão branca:

Nas muitas cores que já foi fabricada:

E até uma versão católica para a St. Bartholomew’s Church, aposta do designer Maxim Velcovsky:

Sobrou alguma dúvida da força do design dessa peça?

Aposto que vai ter muita gente cantando essa música e desejando um “cantinho” assim…

Achei genial a ideia do designer Teddy Luong de colocar design no cantinho do seu animal de estimação, especialmente sendo ele um peixe!

O Fish Condo, que você encontra aqui, é feito de plástico ABS e tem recortes que se assemelham a uma habitação tradicional. Disponível nas cores preta e branca, ele pode ser empilhado, criando o efeito de uma edificação maior, como um prédio ou hotel.

Ok que na verdade tem um pequeno truque aí, porque seu peixinho vai continuar vivendo num aquário de vidro transparente, mas a ideia não é muito boa?

O designer gostou tanto do resultado que criou também uma versão moderna pros comedouros de pássaros. Chamado de Bird Cafe Feeder, que você encontra aqui, segue a mesma linha reta e contemporânea do Fish Condo.

A revista House & Beautiful fez uma seleção com seus designers e elencou alguns segredos para uma boa decoração. Alguns, que eu concordo, e achei pertinente vou republicar aqui, nas nossas tradicionais dicas de segunda feira.

A primeira, vem da designer DD Allen, do escritório nova-iorquino Pierce Allen:

“Comece o planejamento do mobiliário da sua sala de estar com o melhor assento da sala e trabalhe a decoração a partir dali”. DD Allen

Na minha opinião, o conselho tá perfeito. Na maioria das vezes é mesmo o sofá que ganha esse papel de destaque e a partir dele – tamanho, formato e tecidos – que damos início ao projeto do ambiente. Mas há casos onde o destaque fica para alguma poltrona ou chaise, ou alguma outra peça de mobiliário fantástica dos proprietários.

E é assim que o escritório interpreta essa afirmação: