Pode e fica muito bom. Não é comum, porque todo mundo tem medo de paredes pretas… mas juro que quando vi o resutado dessa composição pensei imediatamente em dividir com vocês. É mais um daqueles posts de desmistificar uma “regra” e abrir a cabeça.

Pra equilibrar o tom sóbrio demais das paredes, qual foi a sacada? Preencher o espaço com muitos elementos em branco e uma outra cor, no caso o rosê, e colocar alguns detalhes mais românticos, quase femininos.

O branco traz claridade pro ambiente e equilibra o escuro das paredes e o rosê vira a cor de link para esses detalhes – vaso de flor, saboneteira, cortina da banheira… O espelho com moldura em outro velho é outro charme do ambiente e faz o par perfeito com as arandelas vintage.

Essa explicação toda é pra pensarmos como um banheiro mesmo. Agora, olha só essa mesma ideia das paredes pretas em lavabos como é que fica…

Aposto que você já começou a achar possível um pretinho por aí, não?

Anúncios