Arquivos para posts com tag: revestimento

mais ideias inspiradoras para lavabos… que tal trazer um pouco dos elementos brutos e naturais para esse ambiente?

Nesse apartamento na Lapa, a arquiteta Andrea Parreira combinou a parede de pedras com cuba esculpida e paredes escuras.

Nesse outro projeto, a parede é bruta mesmo, bem rústica e a cuba combina o preto e a madeira.

Aqui, no projeto de Denise Barreto a parede do fundo foi revestida com mosaico de mármore bruto. Pra compor, a bancada, o piso e as paredes foram mantidas em tons claros.

Já Rodrigo Martins, teve a mesma ideia e revestiu a parede do fundo, só que nesse caso com os seixos pretos. E o lavabo fica bem mais dramático com o piso escuro também.

Nessa solução, o mosaico é de madeira, com aplicação em desnível. A cuba também é esculpida e o espelho tem iluminação indireta que reforça o aconchego trazido pela madeira.

Aqui, o mesmo tipo de mosaico feito com a madeira, só que em pedra bruta. E com papel de parede combinando com o revestimento e mantendo os tons neutros. Pra provar que mesmo sendo pequeno, dá pra misturar materiais nesse ambiente!

Sim, o hoje o foco é a madrepérola – esse material tão requintado que foi transformado em pastilha e teve seu uso ampliado nos últimos tempos.

A madrepérola também é conhecida como nácar e reveste o interior de diversas conchas. É uma substância calcárea, dura, brilhante, branca ou escura produzida por diversos moluscos e é o principal componente formador das pérolas.

Por ser comercializado em pastilhas, é encontrado normalmente em detalhes e até paredes inteiras de ambientes como banheiros e cozinhas.

 madreperola nicho banheiro  

Nos lavabos, os resultados com esse material são sempre surpreendentes. Olha que incrível o resultado desse projeto da arquiteta Vivian Coser, onde a pastilha parte do piso e invade toda a parede atrás da bancada!

Nesse outro projeto, a madrepérola é utilizada junto à outro revestimento de cobre e o marmoglass branco da bancada, numa composição linda de tons.

Na Mostra Casa Cor SP, no projeto desenvolvido para a Deca, a arquiteta Patrícia Anastassiadis revestiu toda uma bancada com as pastilhas e olha o resultado, que luxuoso!

 

Como é um material raro, e de custo elevado, o revestimento tornou-se cada vez mais nobre e passou a ser utilizado também nas áreas sociais. No sul do país, na Mostra Casa Cor RS, a arquiteta Francine Faracó revestiu uma das paredes de seu ambiente com a madrepérola clara enquando na Casa Cor PR, o arquiteto Eduardo Mourão optou pela madrepérola escura.

 

Em hotéis, esse revestimento também é bem utilizado. Na suíte master do Anaheim Marriott ele ocupa toda a parede da cabeceira da cama.

No apartamento decorado em Salvador, as pastilhas foram utilizadas em duas paredes diferentes do living – para revestimento das laterais do painéis do home theater e da parede que apóia o sofá, criando um constraste lindo de beges e brancos com detalhes em azuis e dourado.

 

Essa é uma tendência bem chique, porque o custo das placas de revestimento é alto mas com muito valor agregado, porque o resultado traz muito glamour para os ambientes. Pode apostar!

 

 

Mais dicas para lavabos! Lembra das opções com papel de parede?

Hoje escolhi um outro revestimento – que é um dos meus elementos preferidos em decoração – a madeira. Devido à multiplicidade de resultados que podemos obter dependendo do acabamento que o arquiteto ou o cliente escolherem para o material, não há limites para sua utilização.

 

A madeira natural, muitas vezes envelhecida – ou de demolição – é empregada quando busca-se um resultado mais aconchegante, natural, quase bruto no ambiente. Essa foi a proposta adotada no lavabo da Casa Cor RS, na imagem à esquerda. Mas se adotarmos um desenho moderno para o material, o resultado pode se tornar super contemporâneo, como no lavabo à direita.

 

Uma mistura que fica ultra chique é a composição da madeira com o mármore. Essas duas composições acima adotaram o mesmo partido, de emoldurar um volume suspenso de mármore, com um painel de folha de lâmina natural. No projeto da arquiteta Juliana Brasil, à esquerda, a madeira também reveste a porta de correr e a cuba é toda encaixada no mármore, com uma torneira toda moderna que vem do teto. Já o arquiteto Leonardo Junqueira fez do mármore a base para a cuba apoiada, e utilizou um tom de madeira mais escuro.

 

E essas propostas quase idênticas? Em ambas, a bancada é toda revestida em madeira, incluindo o tampo, e somente a cuba é revestida internamente com pedra (que me parece um mármore marrom imperador). Mas o resultado dos ambientes é muito diferente, e quase que somente com a mudança de cor das paredes.

E por último, um lavabo projetado pela AG Movelaria, pra quem acha que colocar muita madeira junto não combina…